sábado, 17 de março de 2012

A Família

Para a Igreja a família tem uma especial importância no mundo atual, pois é um pequeno grupo social de pessoas que devem se amar muito, como no céu, onde obviamente o amor é muito grande, então as famílias são como pequenos "céus" na terra. E tudo é perfeito se o centro da família é Deus, como no céu. Ao contrário para o mundo, e isto é cada vez mais difundido pela mídia, o que vale é a pessoa ser feliz sozinha, sem se importar com o outro, deixando uma equívoca idéia: "- Eu tenho que ser feliz sozinho, eu me basto totalmente e os outros não importam"; esta idéia egoísta leva pessoas a colocarem a felicidade maior no serem importantes e terem sucesso no trabalho ou buscarem a realização pessoal em viagens, dinheiro, bens ou até em relacionamentos extra conjugais visando apenas uma realização egoísta momentânea passageira. O problema é que esta felicidade é irreal, enganadora e sempre incompleta, pois de quê adianta ser feliz sozinho? Infelizmente cada vez vemos mais pais que trabalham demais com a idéia de que estão trabalhando para a família, e estão dando um futuro melhor para seus filhos e cônjuges, se esquecendo do mais importante que é a presença e o amor dado e recebido, com esta desculpa se ausentam e não acompanham o crescimento dos filhos. Também se esquecem que aos 80 anos, quando olharem o passado, vão lembrar sim do abraço dos filhos no dia de aniversário, de dias no parque com as crianças, do abraço da esposa a cada conquista juntos, dos primeiros passos dos filhos ou de algo que fizeram juntos num momento feliz; mas não de um dia que trabalharam até mais tarde chegaram cansados e nem deram boa noite ao seu filho ou do dinheiro que ganharam por isto...É comum pensarmos que se eu não trabalhar eu não poderei suprir as necessidades de minha família, e obviamente não estou incentivando ninguém a preguiça mas apenas tentando que meditemos a respeito do que é realmente importante e que às vezes trabalhar um pouco menos para curtir mais a família não nos vai deixar passar necessidades reais. Para Deus e sua Igreja a base da sociedade é a família e se nesta família existe a presença de Deus tudo funciona perfeitamente. Por outro lado pessoas desajustadas, sofredoras e , por que não, até criminosas vem muitas vezes de locais sem uma estrutura familiar adequada, claro que existem exceções, mas via de regra é o que ocorre.
É importante colocar também a importância da confiança na providência divina, todos devemos confiar que se eu coloco Deus acima de tudo e faço a minha parte não só no trabalho mas principalmente com a família TUDO nos será dado por Ele... Mesmo que seja diferente do que achamos que precisamos mas o que realmente necessitamos, afinal ele sabe mais sobre nossas necessidades do que nós mesmos. Temos que nos largar nos braços Dele, mas não da boca para fora, e realmente confiar Nele Se agirmos corretamente e confiamos Nele nada nos faltará...



Nenhum comentário:

Postar um comentário