segunda-feira, 12 de novembro de 2012

Reflexões Sobre O Amor de Jesus Para Conosco

Muitas vezes nos sentimos sozinhos ou abandonados a nossa própria sorte. Parece que tudo e todos não nos entendem ou aceitam e ninguém nos ama... Se por ventura tivermos estes sentimentos é importante antes de qualquer atitude que possa levar a nos arrepender pensarmos que sempre temos e teremos o mais importante que é a amizade e o amor de Jesus.
Deus pai confiou a Ele o mundo e a todos nós, e Ele realmente nos ama muito, a ponto de dar a vida por nós e por mais que não sejamos dignos e ajamos continuamente de forma errada ele nos ama e quer que sejamos felizes... Claro que somos imperfeitos e Ele como exemplo máximo de perfeição detesta nossas falhas porque isto tira nossa felicidade real e nos afasta Dele, apesar de continuar nos amando muito Por este motivo devemos evitar as falhas que só magoam quem mais nos ama realmente e desinteressadamente, única e exclusivamente por amar.
Proponho que nos permitamos meditar mais profundamente a respeito, se alguém gosta ou tem amizade conosco nós tentamos ( pelo menos devemos tentar) não frustrar e magoar esta pessoa, um exemplo é se um cachorro pede carinho é fácil entender que é errado dar um chute neste ser que só quer carinho, quanto mais o Filho de Deus criador de todo o universo, que tudo pode e tudo sabe e é de uma grandeza infinita e que na sua grandeza pede que ajamos corretamente para Lhe agradar e também para nos mesmo sermos felizes, pois tudo que é contrário a doutrina de Deus na verdade nos cerceia a real felicidade a que temos direito, e egoisticamente muitas vezes desprezamos este pedido amigo para que nos permitamos ser felizes momentaneamente e por ganhos falsos, e nos permitimos agir de forma errada. Pensemos que Jesus veio nos ensinar a ser felizes e que se não agimos corretamente desprezamos seus pedidos e acabamos por nos prejudicar e é como se cuspíssemos no rosto de quem tudo pode e deu a vida com um sofrimento enorme por amor a nós... É justo desprezarmos quem nos trata bem?  Ora, ninguém nos trata melhor do que Deus Pai, Jesus e o Espírito Santo...
Se por outro lado quando nos sentimos desamparados contamos com a presença de Jesus e realmente nos deixamos conduzir por esta presença forte e real tudo se ajeita e resolve. E o vazio que possamos estar sentindo em nossos corações se preenchem com um fogo intenso que nos aquece e mantém em estado de real felicidade. Permitamos a presença de Jesus agindo conforme Ele nos ensinou e permaneçamos confiando Nele de modo real e concreto toda nossa vida, pois, com total certeza, ele nunca frustrará quem realmente confia Nele e tenta agir corretamente de acordo com o que Ele nos ensinou para o nosso próprio bem nesta e na vida futura...

                    

quarta-feira, 11 de julho de 2012

Como Melhorar de Vida

                  Estes dias conversando com um paciente, vi que ele literalmente fez tudo errado do que havia sido recomendado. Não tomou o medicamento certo, não cuidou da dieta como foi informado, não fez exercício, veio sem fazer os exames que pedi e ganhou peso; apesar de tudo isto o paciente não assumia sua responsabilidade e culpava a tudo e todos por seu mau resultado. Muitas vezes culpamos o chefe, a esposa, os filhos, o vizinho, o cachorro, menos a nós mesmos.
                  Na verdade para quem realmente quer sempre existe um jeito de fazer o correto. Este caso citado ilustra que o ser humano tem uma dificuldade muito grande de assumir suas culpas, pois se assume que está errado deve mudar e boa parte das pessoas está acomodada e não quer mudar coisa nenhuma. Queremos estar bem e colher os louros de uma vida saudável sem nos esforçarmos o mínimo para isto, e se algo não vai bem o culpado é o outro e nunca a gente mesmo. Isto é um exemplo que pode ser aplicado em tudo hoje em dia. Todos querem tudo de bom sempre mas muitas vezes não se esforçam para tal e ficam culpando a tudo e todos por suas frustrações sem assumir seus erros. Quando erramos conosco ou com alguém a primeira coisa a fazer para efetivamente melhorar e poder buscar ter bom resultado é admitir que erramos, pois como vamos melhorar se somos perfeitos e nunca erramos. Perfeitos só Jesus e Maria, assumir nossas falhas e nossa imperfeição é o primeiro passo para melhorarmos pois, apesar delas, podemos melhorar e progredir sim, desde que assumamos nossas culpas e erros.
                   Pedir desculpas é um primeiro passo pelas nossas falhas é uma coisa maravilhosa, não uma vergonha. Aí vem outro problema, se admitimos que erramos também admitimos que não somos perfeitos e temos falhas e muitas vezes nosso orgulho é um fator que nos impede de tomar tal atitude. Analisando mais profundamente todos reconhecemos que somos imperfeitos e podemos ter falhas de forma genérica, quando tem algum fato específico é mais difícil. O que temos que aceitar é que assim que reconhecemos nossas falhas damos o primeiro passo para a libertação real de tais erros e assim abrimos uma porta para que Deus aja em nossas vidas e melhoremos efetivamente cada vez mais e sejamos assim pessoas melhores...

segunda-feira, 21 de maio de 2012

Segundo Mandamento - o Santo Nome de Deus



Infelizmente é comum mencionarmos o nome de Deus em vão...

Primeiro o que é em vão? Significa em situações sem importância e corriqueiras, e falar em vão é por qualquer coisa falarmos Seu santo nome como por exemplo falarmos por qualquer coisa "Meu Deus !!!!". Se é um mandamento devemos lutar e assim o fazer e tentar a todo custo evitar o vício de mencionar o Seu santo nome sem ter um objetivo ou propósito maior. Claro que muitas vezes falamos sem pensar e a partir do momento que fazemos algo sem conhecimento, nem que seja naquele momento, não se torna pecado pois para pecarmos é necessário consentimento e conhecimento do ato errado,  problema é se fizermos isto sabendo que é errado, aí se torna erro maior. Mas a questão maior é o ato em si de mencionarmos seu Santo nome em vão, e pior jurarmos por Ele. Deus é único, e de uma grandeza incomensurável, e imagine nós, que somos tão falhos e pequenos, ficarmos mencionando seu nome por qualquer coisa, isto no mínimo é falta de respeito ou consideração por quem é tão grande, criou tudo e nos deu o dom da vida. Ele nos dá liberdade para fazermos o certo ou errado, mas indica o certo e nos explicou claramente que devemos honrá-lo e amá-lo sempre e se mencionamos Seu santo nome em bobagens deixamos de fazer isto.
Também mencionar o nome de Jesus e do Espírito Santo é tão errado por serem Deus com o Pai e por Ele.

Erro menor ( mas também é erro) é ficar mencionando o nome de Maria e dos santos, mas igualmente desrespeitoso com eles mesmos que nos amam e auxiliam tanto ( especialmente a mãe querida), portanto devemos respeitar seus nomes igualmente. Como eles estão com Deus e são de Deus devemos ter respeito pois se por toda bobagem mencionamos o nome de santos acabamos por desrespeitar seu mestre e senhor, o próprio Deus, claro que de forma indireta mas nem por isto é certo.

A Deus toda Glória e louvor e a todos que pertencem a Ele tal respeito deve ser mantido...



segunda-feira, 7 de maio de 2012

A Retidão de Caráter

        No mundo atual infelizmente cada vez mais é difícil acharmos alguém que tente agir corretamente. São comuns pequenos golpes, em todas as classes e profissões com a justificativa de que se todos fazem quem não faz é trouxa. Criticam o próximo e os políticos mas muitos na situação deles fariam a mesma coisa ou pior; e é exatamente por isto que o Brasil e o mundo está como está. Este tipo de pensamento leva o ser humano a não ligar para o seu próximo, só dando importância aos interesses pessoais e contrários a qualquer sociedade digna.
        Outro ponto negativo também está ocorrendo muito, é a vergonha de sermos corretos... Infelizmente é frequente sermos ironizados por tentarmos ser honestos, não trair, não furtar e buscarmos agir corretamente. Porém aquilo que muitas vezes pode ser motivo de chacota pelo mundo na verdade deveria ser motivo de bom orgulho, pois se agimos corretamente em pontos que a maioria não agiria isto nos torna tanto dignos aos olhos de Deus quanto tais boas ações podem servir de exemplo para que outros se espelhem e ajam corretamente também. Num momento inicial podemos parecer "bobinhos" por não sermos desonestos, mas se assim agirmos sempre seremos na verdade admiráveis, tanto pelos que querem agir corretamente e não tem forças para tal quanto por aqueles que precisavam de algum exemplo concreto para mudar de vida e tentar agir corretamente também.
        Também é importante vermos que quem usualmente desfaz de quem age corretamente é quem é usualmente mais desonesto, pois se alguém age de forma errada e se compara com quem assim não o faz acaba vendo que existem pessoas que conseguem ter atitudes melhores e isto serve de motivo para se sentirem rebaixados levando muitas vezes a recriminar quem age certo e procura ser honesto, e uma forma de se sentir bem é rebaixando o outro que tem retidão de caráter. Cabe a quem foi recriminado por agir com honestidade realmente não se importar com a opinião de quem desfaz de atitudes boas e buscar reconhecimento em quem nunca nos trai e sempre nos apóia se agimos corretamente, que é Deus... Ele sempre reconhece nossas reais boas intenções e ações honestas.

O mundo só vai melhorar se todos tentarem agir corretamente e respeitarem o próximo,  o que com certeza é a vontade de Deus, para um mundo em sociedade melhor.

Quem é católico e ama a Jesus tem o dever de tentar agir corretamente seguindo o exemplo Dele, senão é só cristão de nome mas não em realidade ...



quinta-feira, 26 de abril de 2012

História Ocorrida em Lourdes

Retirado do site: (http://blog.cancaonova.com/padreluizinho/category/maria-mae-de-jesus/)

 

sábado, fevereiro 11th, 2012

Uma história verdadeira que aconteceu no grande centro de peregrinação e milagres em Lourdes, na França. 
 


Foi em 1926, na cidade Santuário de Lourdes, na França:
É hora da bênção dos doentes. Na esplanada estão centenas de doentes deitados em padiolas ou reclinados em cadeiras de rodas sob a assistência vigilante dos enfermeiros. Entre eles está um moço passando muito mal. Seu desenlace é esperado a qualquer momento. Instante antes havia recebido a unção dos enfermos. O celebrante começou a percorrer as fileiras dos doentes. Segurando nas mãos o ostensório com a Hóstia Consagrada, ele passa de um em um, traçando sobre eles uma grande cruz.
Chegou à vez daquele rapaz. Recebe a bênção com uma grande esperança. Mas parece que sua esperança foi frustrada… Não sentiu melhora nenhuma. Reunindo todas as suas forças, disse num tom de sentida queixa:
- Jesus, se não me curar. Vou contar para tua Mãe!
Comovido com esta prece, o celebrante se volta para o enfermo e, pela segunda vez, abençoa-o com o Santíssimo Sacramento.
Eis que acontece o milagre! O moço, sentindo-se curado, saiu do leito e exclamou em alta voz: - Jesus, Filho de Maria, Tu me curaste! Vou contar para a tua Mãe e pedir que ela me ensine a agradecer-Te!
Lá existe uma equipe médica, que acompanha os doentes graves e todos os casos de curas e milagres por intercessão de Nossa senhora de Lourdes. A Igreja reconhece as aparições que a Virgem Maria fez a Santa Bernadete, nos dias 11 de fevereiro a 16 de Julho de 1858, onde a Virgem Maria disse: “Eu sou a Imaculada Conceição!”. Fazendo desta gruta um lugar da presença e do poder de Deus. Hoje na festa de Nossa Senhora de Lourdes, através da Adoração ao Santissímo pela fé rezarmos pelos doentes do corpo e na alma.

 
Oração pelos enfermos:
Senhor Jesus,pela vossa palavra e pelos gestos de vossas mãos, curastes cegos, paralíticos, leprosose tantos outros doentes.
Animados pela fé, nós também vimos suplicar pelos nossos enfermos e nossas enfermidades.
Dai-lhes, Senhor: A graça da perseverança na oração, apesar do desânimo próprio da doença e da espera.
A graça da coragem para buscar a cura, mesmo depois de várias tentativas.
A graça da simplicidade para aceitar a ajuda dos profissionais, familiares e amigos.
A graça da humildade, para reconhecer as próprias limitações.
A graça da paciência nas dores, dificuldades e prolongamento do tratamento.
A graça de compreender, pela fé, a transitoriedade desta vida.
A graça de entender que o pecado é a maior de todas as enfermidades.
Que tenhamos todos a compreensão de que no sofrimento humano se completa Vossa Paixão Redentora.
Se for para vossa glória, nós vos pedimos a a cura de todos os nossos enfermos e de nossas enfermidades físicas e espirituais. Amém!
Oração a Nossa Senhora de Lourdes: Ó Virgem puríssima, Nossa Senhora de Lourdes, que vos dignastes aparecer a Bernadete, no lugar solitário de uma gruta, para nos lembrar que é no sossego e recolhimento que Deus nos fala e nós falamos com Ele. Ajudai-nos a encontrar o sossego e a paz da alma que nos ajudem a conservar-nos sempre unidos a Deus. Amém
Nossa Senhora da gruta, dai-me a Graça que vos pedimos e que tanto precisamos; (pedir a graça)…

segunda-feira, 16 de abril de 2012

A Importância de Uma Oração

RETIRADO DO SITE : (http://www.fimdostempos.net/historias_maria.html)


No ano de 1880, uma piedosa mulher, por negócios de família, deixou-se dominar pelo ódio contra seu irmão. Afastou-se aos poucos dos sacramentos, e largou enfim a toda a oração.
Certo dia ficou doente, e o mal foi piorando de tal sorte que parecia que ia morrer. O Padre Vigário visitou-a e procurou leva-la a melhores sentimentos, para que não falecesse nesse estado de alma.
Foi, porém, tudo em vão.
Um missionário, por ali de passagem, a pedido do senhor pároco, foi ter com a enferma.
O ódio estava tão firme no coração que não quis reconciliar-se. Chegou ao ponto de afirma:
-         Sobre a pedra de meu túmulo quero que se gravem estas palavras: Aqui jaz uma mulher que se vingou.
-         E o inferno? Tornou o missionário.
-         O inferno? O pensamento de minha vingança consolar-me-á em todos os tormentos.
Quase desanimado, o sacerdote aconselhou-lhe que rezasse para obter força de perdoar.
-         Sei que por meio da oração posso alcançar essa graça, mas não quero rezar.
Mas o ministro de Deus, como que inspirado, perguntou-lhe:
-         E por mim rezarias?
-         Pelo senhor, sim, pois o senhor é bom para comigo.
O Sacerdote ajoelhou-se junto da cama, entregou às mãos da doente uma imagem de Nossa Senhora do
Perpétuo Socorro, e ambos começaram a reza da Ave-Maria. E chegando às palavras: “Rogai por nós, pecadores, agora e na hora de nossa morte”, a mulher, comovida, desatou em prantos. E não tardou a soluçar: “Perdôo a meu irmão... E quero confessar-me”.
    Alegrias voltaram à alma dessa senhora, e júbilos no lar dos dois e famílias.
    Como é boa Nossa Senhora! Efeito extraordinário da Ave-Maria bem rezada.

                                 

Salvo por Maria Santíssima do Inferno

 
São João Bosco é conhecido como um dos maiores devotos e apóstolos da Santíssima Virgem. Conseguia da Virgem tudo que pedia. Ouçamos um exemplo mariano que ele mesmo costumava contar aos seus alunos.
Entre os muitos meninos e jovens que se confessavam com o santo, havia um chamado Carlos. Este na ausência de Dom Bosco caiu gravemente enfermo. Pediu que lhe chamassem Dom Bosco. Não o encontraram.
Veio outro sacerdote, com quem se confessou. Viveu ainda dois dias. Mas foram dois dias de ânsias e pavores, suplicando e chorando que lhe trouxessem o seu Dom Bosco. Faleceu. Seis horas depois chegou o santo. A Mãe profundamente abatida vai ao seu encontro narrando-lhe como fora terrível e assustador a agonia do filho. Ao ouvir tudo isso, passa pela mente do santo um sinistro pensamento. “E se Carlos na confissão tivesse calado um pecado grave e morrido em tal estado...?” Entra na câmara ardente, ajoelha-se e reza Àquela que sempre o atendia, reza Àquela junto de Deus é a Onipotência Suplicante, a Medianeira de todas as graças.
Levanta-se e chama: “Carlos!” E o morto abre os olhos e grita: “Dom Bosco! Dom Bosco!”
“Aqui estou, meu filho, aqui estou todo a sua disposição”.
“Ah! Meu Padre, uma multidão de espíritos maus tentavam arremessar-me numa grande fornalha de fogo. Mas uma Senhora de beleza encantadora os afastou, dizendo: “Ainda não está condenado, e foi precisamente nesse instante que ouvi a sua voz chamando-me”.
Dom Bosco ouviu-lhe a confissão, pois calara pecados graves na precedente, e depois lhe perguntou: “E agora que tua alma está pura, queres viver ou ir para o Céu?”
“Quero ir para o Céu!”
Apenas dissera isso, morreu para ir junto de Maria, sua mãe.
 
                                           *          *          *
 
Procuremos fazer nossas confissões sempre bem feitas. Nunca deixar de contar todos os pecados mortais que, por desgraça, tivermos cometido.