terça-feira, 16 de janeiro de 2018

Nossa Senhora Protege o Que é Dela

                 Final do ano passado fizemos a consagração de um Santuário Lar em honra de Nossa Senhora de Schoenstatt em nossa casa e dois Santuários Quarto no quarto de meus filhos (tenho um casal). O de minha filha de 17 anos foi nomeado como Santuário da Fortaleza, ele fica num móvel com estantes em um armário aberto, no ponto mais visível ficou o Santuário Quarto dela. Nas outras estantes tem livros, bichos de pelúcia e objetos de decoração, e bem no do lado ela deixava uma varinha do Harry Potter comprada quando fomos para a Disney em 2014; como é brinquedo a princípio não víamos problema. A varinha estava neste local a muitas semanas e no meio da estante, dentro da caixa dela. Sempre pedimos para Nossa Mãe e rainha morar conosco e cuidar de nosso Lar.          
                 Hoje de madrugada, cerca das 01:30, estávamos todos dormindo e eu acordei com um barulho de queda no quarto dela (que fica do lado do meu), acordei minha esposa e minha filha começou a nos chamar falando que estava com medo e que algo caiu da estante. Fomos lá e vimos que estava no chão a tal varinha e a caixa dela. Não tem como ela ter caído sozinha pois não estava na beirada (pelo contrário, ficava bem para dentro e na caixa dela, e as duas estavam no chão, num dia sem tremores e sem chuva). 
                   Entendemos e acreditamos que é Nossa Senhora nos dizendo para tirar isto do lado dela, pois apesar de ser um objeto de brinquedo ela remete a bruxos e, portanto, algo derivado daquele que é contra Maria e do Nosso Deus e Senhor maior. Nunca havíamos pensado nisto, mas encaramos como uma atitude concreta de Nossa Mãe para se e nos livrar de um objeto indigno de estar próximo do Santuário Quarto consagrado.

                    Viva Nossa Senhora e Jesus !!!
                               Resultado de imagem para nossa senhora protege

sexta-feira, 12 de janeiro de 2018

Técnica Infalível Para Sair de Um Momento de Grande Aflição

                 Existem momentos na vida de qualquer pessoa que podemos estar passando por um momento de desespero, perda de um ente querido, separação, problema financeiro grave, problema de vícios em familiares e qualquer outro problema grave. Claro que em alguns casos o Senhor usa a medicina para ajudar seus filhos e ela deve sim ser usada sempre que necessário em benefício do ser humano; mas quando alguém não sentir forças sequer para começar a lutar ou estiver sem perspectiva de melhora futura faça o que cito abaixo e 3 coisas maravilhosas acontecerão em tua vida:

1 - o problema que você passa irá sendo resolvido aos poucos ou rapidamente
     (no tempo de Deus).

2 - você irá experimentar uma mudança pessoal e individual também, aumentará
     a confiança no senhor e saberá como proceder em problemas futuros.

3 - sentirá alívio imediato (total ou parcial) do desconforto ou dor que sente


A técnica consiste no seguinte:

1 - faça uma boa confissão com o intuito de realmente melhorar de vida e fugir
     de todo pecado e ocasião próxima do pecado

2 - vá para uma igreja com o Santíssimo exposto ou guardado (ele está aí de
     qualquer modo),

3 - Se ajoelhe perante Jesus,

4 - Olhe para o Santíssimo,

5 - Repita a seguinte oração por pelo menos 30 minutos, não precisa ser
     rápido, fale ou pense devagar e procure sentir CADA PALAVRA
     (se puder 1 hora melhor ainda):

     "Divino Jesus aumenta o meu amor por ti e pelo próximo !
      Sem vós não sou digno de nada !
      Te imploro que derrame a tua misericórdia sobre mim e sobre 
      meus familiares e resolva esta aflição que passo hoje !"


Tua vida melhorará, pois TODOS que imploram a misericórdia divina com fé e humildade terão mudança e melhora concreta de vida.

Pode (e deve) ser repetido sempre que precisar...
            Resultado de imagem para jesus misericordioso


quarta-feira, 10 de janeiro de 2018

O Garoto Que Fez Um Pedido Extraordinário ao Menino Jesus – e Foi Atendido!

Naquele ano, o pequeno Ângelo tinha sido ousado: alguns dias antes do Natal, ele escrevera a sua cartinha ao Menino Jesus com um singular pedido: que lhe concedesse qualquer coisa, o que Ele quisesse, desde que servisse para, de algum modo, assemelhá-lo mais ao próprio Menino Jesus.

O coro das crianças

Enquanto a carta seguia o seu curso, os preparativos para o grande dia iam a pleno vapor em sua pitoresca cidadezinha italiana. Na catedral, o professor e maestro Roscieto Bucciarelli concluía, com um gesto grandioso, o último treino da peça final do esperado concerto natalino que precederia a Missa do Galo.
Ele estava bem contente, pois, após um árduo trabalho de semanas, conseguira tirar ótimos frutos das vozes infantis reunidas para cantar nas festas natalinas. Além de estarem muito bem adestradas na parte vocal, as crianças queriam homenagear o Divino Infante com as suas belas canções e desejavam que aquela apresentação abrisse as almas dos fiéis para receberem da melhor forma possível as suaves graças da Noite Santa.
Contando apenas 8 anos, Ângelo obtivera excelente progresso musical, o que alegrava de maneira especial o professor. O menino se destacara por seu belo timbre de voz e perfeita afinação, levando o mestre a lhe confiar a parte solista da peça final, Tu scendi dalle stelle (“Tu desces das estrelas”), de Santo Afonso Maria de Ligório.
Terminado o ensaio da véspera da apresentação, o maestro deu às crianças as últimas diretrizes: como o concerto despertara interesse em toda a região e muita gente dos povoados vizinhos viria assisti-lo, deveriam elas ficar bem compenetradas de sua importância.

De repente, tudo parece dar errado!

Na manhã seguinte, o sol despontou com força sobre a espessa camada de neve que cobria o povoado. Grande expectativa marcava aquele Natal. O pequeno Ângelo acordou contente, aprontou-se com agilidade e resolveu treinar mais uma vez a peça natalina: pegou o tom no teclado, segurou firme a pasta de partituras, respirou fundo e…
— Meu Deus! – exclamou ele.
Ao tentar cantar, nada saiu além de um som rouco!
— O que vou fazer? – perguntou-se, preocupado – Bom dia para ficar sem voz!…
Sem perder tempo, saiu correndo para dar a terrível notícia ao professor. E agora? Ia ser preciso procurar alguém para substituir o menino! Mas quem poderia supri-lo naquela emergência? E não havia mais tempo para treinos…
Enquanto o maestro Bucciarelli saía para tentar resolver o problema, o jovem solista ajoelhou-se diante do presépio, ainda com a manjedoura vazia, e suplicou a ajuda do Deus Menino.

O menino da roupa azul

Não havia passado muito tempo quando sentiu a presença de alguém a seu lado. Virou-se e viu uma criança que não conhecia. Parecia ser mais nova do que ele, tinha um porte muito distinto e estava vestida com um régio traje azul. Sua fisionomia comunicava serena alegria. Vendo a aflição de Ângelo, perguntou-lhe:
— Aconteceu alguma coisa? Posso ajudá-lo?
Sentindo-se bondosamente apoiado pelo nobre desconhecido, Ângelo confiou-lhe sua angustiosa situação: ficara sem voz bem no dia da apresentação natalina do coro da catedral, na qual seria solista!!!
— Não se aflija! – disse-lhe seu novo amigo – Para Deus não há nada impossível. Quer fazer uma troca comigo?
À resposta afirmativa, o Menino tocou com suas delicadas mãos o pescoço de Ângelo e, agora com voz tênue e rouca, continuou:
— Pronto! Confie em Nossa Senhora e vá tranquilo para o concerto. O problema está solucionado!

Será que vai dar certo?

Tão logo a gentil criança saiu, chegou de volta o professor. Não havendo encontrado quem substituísse o pequeno cantor, providenciara na farmácia toda espécie de remédios. Ângelo, porém, lhe disse que não se incomodasse pois já recuperara a voz, sem contar nada do que sucedera. O maestro respirou aliviado e, sem nada perguntar, foi tomar as outras providências urgentes, que não eram poucas…
As horas se passaram e chegou o momento esperado: a apresentação natalina começava cheia de esplendor! A catedral estava abarrotada de pessoas tomadas pela paz e alegria próprias ao Natal. Só o professor Bucciarelli parecia profundamente preocupado.
O dia todo fora coalhado de preparativos e providências e lhe havia sido impossível verificar o real estado de voz do solista. E se ele tivesse diminuído a gravidade do problema para não o deixar perturbado? E se a melhora fosse apenas transitória? À medida que as músicas iam sendo apresentadas seu receio aumentava. Temia terem de passar todos, em breve, por uma grande humilhação…
O clima de natalino enlevo que a esmerada apresentação estava conseguindo criar, todavia, foi tranquilizando-o. E sua apreensão se transformou em surpresa ao ver que, depois de dada a introdução do Tu scendi dalle stelle, Ângelo se lançava com segurança em seu solo, modulando a voz do modo mais belo e perfeito!

A voz que deixou a todos impressionados

Um profundo silêncio se fez na nave do templo. A belíssima melodia do piedoso hino composto por Santo Afonso parecia penetrar os corações dos presentes, fazendo-os arder de amor pelo Deus Menino que estava prestes a nascer. A música terminou fechando com chave de ouro o concerto e os aplausos foram intermináveis.
A Missa de Galo que se seguiu foi abençoadíssima. Depois da bênção final, a imagem do Menino Jesus que, vestida de régio traje azul, ficara junto ao altar, foi levada em cortejo até o presépio. Muitos fiéis permaneceram de joelhos junto a Ele, em oração.
Assim que foi dado o sinal para a dispersão do coro, o pequeno solista correu para perto da manjedoura e aí ficou boquiaberto. Bucciarelli foi atrás dele, não duvidando em interromper-lhe a oração, pois queria saber como tinha recuperado tão rapidamente a voz e de forma tão magnífica.
O relato do menino encheu-o de admiração! Tudo levava a crer que a nobre criança “desconhecida” que lhe havia emprestado a voz era… o próprio Menino Jesus!
Ajoelhados em adoração ao Divino Menino vestido de azul, professor e aluno agradeciam pelo maravilhoso prodígio e Lhe pediam algo a mais: que Ele Se dignasse trocar também seus corações pelo seu Sagrado Coração, levando-os à santidade!

Retirado do site:

https://pt.aleteia.org/2018/01/08/o-menino-que-fez-um-pedido-extraordinario-ao-menino-jesus-e-foi-atendido/

                        

12 Conselhos do Padre Pio Para Você, Que é Católico e Está Sofrendo



           São Pio de Pietrelcina foi um religioso capuchinho italiano que recebeu dons especialíssimos de Deus, como o discernimento das almas, a capacidade de ler as consciências, as curas milagrosas, a bilocação, o dom das lágrimas, o perfume de rosas e, mais extraordinários ainda, os estigmas da Paixão de Cristo, que ele padeceu durante cinquenta anos.
           Falecido em 1968, foi canonizado por São João Paulo II em 2002 e é um dos santos mais venerados do mundo.

         Ao longo da vida, o Padre Pio escreveu milhares de cartas para as pessoas que procuravam o seu aconselhamento. É desses escritos que foi extraída a pequena seleção de pensamentos que compartilhamos logo abaixo: eles podem trazer esperança e conforto espiritual diante do mistério do sofrimento.

1. O sofrimento suportado de maneira cristã é a condição que Deus, autor de todas as graças e de todos os dons que conduzem à salvação, estabeleceu para conceder-nos a glória.
2. Deus quer que a tua incapacidade seja a sede da Sua onipotência.
3. A fé é a tocha que guia os passos dos espíritos desolados.
4. Na agitação das paixões e das vicissitudes adversas, que a grata esperança da inesgotável misericórdia de Deus nos sustente.
5. Coloque toda a sua confiança somente em Deus.
6. O melhor consolo é aquele que vem da oração.
7. A oração é a melhor arma que temos: é uma chave que abre o coração de Deus.
8. Esta é a grande oportunidade do seu progresso espiritual.
9. A felicidade só se encontra no céu.
10. Quanto mais crescem as tentações do demônio, mais perto a alma está de Deus.
11. Bendiga o Senhor pelo sofrimento e aceite beber o cálice do Getsêmani.
12. Suporte os sofrimentos durante toda a sua vida para poder participar dos sofrimentos de Cristo.

 Retirado do site: 

https://pt.aleteia.org/2017/11/13/12-conselhos-do-padre-pio-para-voce-que-e-catolico-e-esta-sofrendo/


         

segunda-feira, 8 de janeiro de 2018

Guerra Atual : Bem X Mal ou Nossa Senhora X Demônio

           No princípio Deus criou o homem para ser feliz e nos amou muito (não é o caso de discutirmos sobre creacionismo ou evolucionismo, o que importa é que Deus nos criou concretamente), porém o homem, induzido pelo demônio, foi desobediente a Deus. Obviamente existe também este ser que nos odeia e quer nos destruir a todo custo, cuja inveja do amor divino para conosco o levou a ser nosso maior inimigo, pois ele não concebia que o amor de Deus para com seres inferiores a ele seria tão grande, assim como a prepotência ou arrogância de se achar capaz de ser ele próprio um Deus. Por causa do demônio o homem traiu este amor incomensurável e paternal do Senhor nosso criador, porém Deus na sua infinita bondade nos deu Seu Filho Jesus, para perdoar nossos pecados e nos tornar dignos do paraíso novamente. É bíblico que Deus nos deu uma outra ferramenta poderosa para lutarmos contra este inimigo (além de Jesus, nosso Deus e senhor maior obviamente), que é Maria nossa mãe. Quando Deus pôs inimizade entre o demônio e a mulher estava declarada uma guerra entre o mal, personificado no demônio, e o bem, na figura de Maria (exemplo de humildade e aceitação plena a vontade divina, que se opõe radicalmente ao demônio e sua arrogância). Tal luta perdura até hoje e é bem descrita no Livro do Apocalipse de São João.
             Nos dias atuais esta guerra está mais evidente do que nunca, o demônio por estar perdendo sua força quer ao máximo nos destruir, o que agride diretamente ao Senhor que só quer o nosso bem e nos ama muito. Nunca antes na história da humanidade existiram tantos defendendo o que é errado; lutam contra a família tradicional como instrumento divino de santificação; no mundo destroem imagens de Jesus, Maria e dos santos - como forma de intolerância; cristãos são perseguidos e mortos (mais do que quaisquer outros povos ou religiões); distorções são vistas cada vez mais frequentemente e quem se opõe ao que é moralmente errado é perseguido, processado, caluniado e até morto. Isto nunca ficou tão evidente como nos últimos tempos. O demônio quer nos dar a ideia de que a satisfação pessoal é o que importa, querendo fazer parecer que não tem a família nem o outro, somente o "eu" é que importa. Isto é visto no comunismo por exemplo, mesmo que a ideologia de base fale o contrário, para despistar, no final todas as ideias de sistemas impositivos e dominadores visam o ganho pessoal de alguns, pois em todos os países comunistas que existiram e existem uma classe dominante tem ganhos e enriquecimento ilícito em cima de pessoas que trabalham e sofrem. Nunca é correto um trabalhar para dar a outro que não trabalha por escolha, por mais que a partilha de bens excedentes seja correta, mas esta divisão tem de ser um ato voluntário, nunca imposto por um governo ou liderança. Quem não trabalha não merece seu pão, como está nas cartas de São Paulo (claro que isto só é válido para quem não quer ou não aceita trabalhar e não se aplica a quem não tem opção ou escolha). Deus nos dá liberdade plena para fazermos o que quisermos, porém iremos arcar com as consequências de nossas escolhas, e nenhum outro homem deveria tirar esta liberdade de ninguém, ainda mais se o próprio Senhor não o faz.
          Nossa Senhora é o exemplo máximo de aceitação plena a vontade de Deus, é a rainha do mundo e foi humilde e simples ao extremo. Nos últimos tempos assim como o mal está se difundindo o bem também; existem cada vez mais jovens se convertendo, a ideologia católica correta está cada vez mais sendo difundida, pessoas retornando ao seio da Igreja fundada por Cristo, Nossa Senhora tem feito milagres a aparições nunca antes vistas, e porque isto? - Digo que é pela guerra que está se armando do bem contra o mal. Podemos escolher o lado que quisermos, mas vamos arcar com as consequências de nossas escolhas. Quem escolhe o mal pode parecer que tem ganhos terrenos, porém são vazios e fugazes mas terá certamente a perda eterna de sua alma; já para quem persevera no Senhor e nossa advogada perante Ele pode ter alguns sofrimentos nesta terra (que podem se tornar em ganhos futuros, na vida que virá) porém não se desespera pois Deus dá condição de superarmos todas as dificuldades, afinal Ele nunca nos dá uma cruz maior do que suportamos. Sofrimento aqui tem o objetivo de angariarmos merecimento para o que virá, que é a vida pós esta vida, repleta de felicidade no Senhor para sempre.

            Pensem bem, não era assim há alguns anos, o mundo mudou muito e infelizmente está cada vez mais claro uma divisão entre:
1 - quem aceita Deus e tudo que vem dele e Nossa Senhora como meio mais fácil de atingir nosso objetivo maior Nele próprio e
2 - quem quer o mundo sem a presença do Senhor que o criou e que nos ama, só pelo mundo em si, sem profundidade! Isto é por obra do mal sem dúvida ...

           Eu escolho o Senhor Deus Pai - criador de tudo,  Jesus nosso salvador e o Espírito Santo. Nosso Único Deus  !

            Escolho ainda Sua Santa Igreja Católica Apostólica Romana, Maria nossa Mãe e Rainha, os Santos e Anjos como exemplos a serem seguidos ( em especial São José) !

           Quem quiser lutar que escolha seu lado nesta guerra e procure agir sempre de acordo com a vontade de Deus e contra o mal. Contando sempre com armas poderosas como o Misericordioso e Sagrado Coração de Jesus, o Imaculado e Sagrado Coração de Maria e o nosso pai adotivo São José, que se foi escolhido por Deus para ser pai cuidador de seu filho também é ótima ideia tomá-lo como cuidador pessoal; além de São Miguel Arcanjo, que nos defende das armadilhas do mal !

                           Resultado de imagem para bem vs mal